Antes de contratar uma empresa de SEO, Leia as 16 Dicas de 2021

símbolos de estratégia de seo

Então, você deseja atrair mais visitantes online para seu site ou aumentar sua classificação no mecanismo de pesquisa do Google, mas não sabe por onde começar.

Você deveria contratar uma empresa de SEO ou fazer isso sozinho? Quando se trata de otimização para mecanismos de buscas, pode ser um processo opressor, mas não precisa ser.

Um especialista ou agência de SEO pode ajudar a garantir que, quando os consumidores fizerem uma pesquisa na web, seu site seja um dos primeiros recursos a aparecer nos resultados da pesquisa. Mas antes de contratar alguém para ajudar a facilitar melhores resultados na web, convém listar algumas dicas para impulsionar seu SEO.

Aqui estão 16 dicas de SEO “faça você mesmo” que os proprietários de pequenas empresas devem experimentar antes de contratar uma empresa de SEO:

1. Comece com Personas

Direcionar mais visitantes para seu site começa com o conhecimento da persona de seu comprador ideal e a compreensão do que os motiva a comprar. Por quê? Porque os sites são construídos para humanos e não para robôs. Portanto, explore seus desafios, entenda por que eles compram e crie uma persona do seu cliente. Isso o ajudará a alinhar melhor a estratégia de SEO e do site para que seja encontrado online pelo cliente ideal.

2. Planeje sua pesquisa de palavras-chave

Antes de lançar um monte de conteúdo e copiar em seu site, certifique-se de planejar sua estratégia de palavras-chave. Palavras-chave são palavras ou frases que seu público-alvo pesquisa ao procurar produtos e serviços ou ao tentar resolver um problema em mecanismos de busca como Google e Bing.

Mecanismos de buscas, como o Google, irão combinar o conteúdo mais relevante para a pesquisa de seu usuário e fornecer os resultados mais precisos de sites, blogs e imagens.

Existem várias ferramentas que fornecem informações valiosas sobre as palavras-chave nas quais você deve se concentrar, como o Ubersuggest e o Planejador de palavras-chave do Google.

Se você precisar de um pouco de ajuda com sua pesquisa de palavras-chave, aqui está um ótimo artigo da Maria Chizhikova, da SemRush, que fala sobre as 12 melhores ferramentas para realizar a pesquisa de palavras-chaves.

3. Encontre o ouro na Cauda Longa

Para muitos setores, a classificação das palavras-chave mais trafegadas é altamente eficaz. Ao mesmo tempo, tentar se classificar para termos altamente competitivos pode ser uma tarefa longa e cara. Em vez de se concentrar apenas nas palavras-chave mais populares, gaste algum tempo criando uma estratégia direcionada em torno das palavras-chave de cauda longa relevantes.

Palavras-chave de cauda longa são frases mais longas e específicas que os usuários de mecanismos de busca pesquisam quando estão mais perto de fazer uma compra ou encontrar o que procuram. Palavras-chave longtail são a chave para uma estratégia de crescimento online saudável. Na verdade, elas constituem a maior parte de todo o tráfego do mecanismo de pesquisa:

Antes de contratar uma empresa de SEO, Leia as 16 Dicas de 2021
Imagem: c2ti.com.br/

Portanto, se você possui uma empresa de software de contabilidade, em vez de tentar classificar para uma palavra-chave extremamente competitiva, como “software de contabilidade” com cerca de 52 milhões de pesquisas e marcas nacionais disputando o primeiro lugar, tente uma abordagem direcionada e mais relevante, como “contabilidade software para agentes imobiliários. ”

4. Análise seus concorrentes

Depois de definir sua estratégia de palavras-chave, identifique os principais concorrentes de cada palavra-chave e o que eles estão fazendo certo para serem classificados nas boas graças dos deuses dos mecanismos de pesquisa. O SpyFu é uma ferramenta simples e econômica para obter melhores insights sobre as iniciativas de pesquisa orgânica e paga de seus concorrentes.

Lembre-se de que, embora as informações competitivas possam ajudar a moldar suas iniciativas de SEO, tome cuidado para não depender exclusivamente de seus concorrentes. Afinal, as melhores conversões do seu site virão daqueles visitantes que estão mais alinhados com o SEU comprador ideal.

5. Blog de forma consistente

As páginas do seu site não mudam todos os dias. Portanto, com o Google sempre em busca de novos conteúdos, o blog é uma ótima maneira de trazer conteúdo novo e relevante para os mecanismos de pesquisa indexarem.

Lembre-se ao fazer um blog, escreva seu conteúdo para o comprador ideal e os desafios que ele enfrenta todos os dias. Não carregue apenas as postagens do seu blog com palavras-chave. Novamente, você está tentando se conectar com as pessoas – não com os robôs dos mecanismos de buscas.

Evite o excesso de palavras-chave, mas selecione uma palavra-chave primária para a sua postagem, combinada com a pesquisa do Google Trends, para ter a melhor chance de seu conteúdo ser descoberto. Certifique-se de que a palavra-chave apareça no título, corpo do texto, na url e meta descrição para a melhor otimização do seu post.

Outra dica de blog é usar o guest blogging em sua estratégia. Identifique influenciadores e líderes em seu espaço que escrevem conteúdo de qualidade e estabeleça parceria com eles para criar conteúdo com links para seu site. Essa é uma ótima maneira de aumentar o tráfego, os compartilhamentos e o valor da marca online.

6. Elimine o conteúdo duplicado

Uma das maneiras mais fáceis de cair no ranking e ser punido pelos motores de busca é copiar o conteúdo e usá-lo em seu site. Quando o Google é apresentado com o mesmo conteúdo em vários lugares, ele mostra apenas uma página e exclui as outras das classificações.

O objetivo do Google e dos mecanismos de buscas é colocar o conteúdo original e relevante no topo quando os usuários pesquisam nos termos que procuram e suprimir o conteúdo duplicado e as páginas sem valor.

Portanto, se você deseja adicionar conteúdo de outro site, uma prática recomendada simples é vincular a ele e fazer referência à fonte original ou utilizar redirecionamentos 301 de quaisquer páginas duplicadas para as páginas originais.

7. Distribuir e compartilhar

Enquanto seu mecanismo de conteúdo está zumbindo, procure maneiras de distribuir seus white papers, guias, postagens de blog e recursos por meio de vários canais de distribuição. A plataforma de distribuição de conteúdo Outbrain divide-o das seguintes maneiras:

Distribuição de conteúdo ganho: ocorre quando terceiros compartilham ou publicam seu conteúdo por meio da mídia social, publicações de convidados, cobertura da mídia ou análises de produtos.

Distribuição de conteúdo próprio: inclui a publicação de conteúdo em propriedades da web que pertencem a você, como seu blog, boletim informativo por e-mail ou perfis de mídia social.

Distribuição de conteúdo pago: como o nome indica, é por meio de canais pagos, geralmente usando um modelo de publicidade paga por clique.

8. Use links internos

Com o foco maior de hoje no conteúdo, os links internos são uma ótima estratégia para impulsionar o SEO. Um link interno conecta uma página de um site a uma página diferente no mesmo site.

Ao usar links internos nas páginas do seu site e nas postagens do blog, ele melhora a legibilidade para os visitantes, as classificações de palavras-chave e a capacidade do Google de rastrear o seu site. Quando você se conecta internamente, tente ir fundo. Em outras palavras, não apenas link de volta para sua página inicial, mas para páginas que são ricas em conteúdo e relevantes para o tópico em questão.

9. Aumente seus links internos

Além de sua estratégia de links internos, o link building externo continua sendo um dos pilares do SEO e as melhores maneiras de melhorar sua classificação no campo de pesquisa.

O objetivo dos links internos é obter links externos de sites, diretórios e fóruns que tenham uma autoridade de domínio sólida e vinculá-los de volta ao seu site. Por exemplo, se sua empresa for mencionada em uma postagem de blog , que tem um pagerank mais alto do que o seu site, isso aumentará seu pagerank do Google e outros mecanismos de buscas irão recompensá-lo aumentando sua posição nos resultados de pesquisa.

10. Use URLs amigáveis ​​para SEO

Certificar-se de que suas URLs estão limpas e otimizadas é uma dica de SEO importante se você deseja obter uma classificação elevada nas SERPs (páginas de resultados de mecanismos de buesca).

As URLs são simplesmente o endereço de uma página exclusiva do seu site que direciona os usuários do google para o seu site. Ao criar urls para o seu site, é importante garantir que sejam amigáveis, fáceis de ler para os visitantes on-line e incluam palavras relevantes (palavras-chave) relacionadas à cópia na página do site.

Digamos que alguém esteja procurando “meias masculinas” nas pesquisas do Google. Ao criar uma URL descritiva e amigável, você pode aumentar as chances de aparecer nos principais resultados de pesquisa do Google e melhorar suas chances de conversão com uma URL relevante e fácil de ler:

Antes de contratar uma empresa de SEO, Leia as 16 Dicas de 2021

Observe que Netshoes está em primeiro lugar para a palavra-chave “meia masculina” e sua URL é: https://www.netshoes.com.br/meias/masculino

E…

Aqui está a URL da página da Rafarillo, encontrada na 10 página dos resultados da pesquisa do Google:

https://www.rafarillo.com.br/meia-masculina-socketmerf01/p

Dica bônus de SEO:

Tente manter as URLs curtas, tornando-as fáceis de digitar e ler. Além disso, elimine palavras desnecessárias como e, o e símbolos como @ e números. Se você precisar separar palavras em sua URL, use hifens ( – ) em vez de sublinhados, pois o Google tem dificuldade em reconhecê-los e não indexará sua página.

Aqui estão 10 dicas úteis do MySiteAuditor para garantir que você mantenha seus URLs organizados e amigáveis:

11. Alimente a necessidade de velocidade

Acredite ou não, a rapidez com que seu site e suas páginas carregam são essenciais para a forma como o Google classifica seu site nos resultados de buscas. Isso não apenas afeta suas classificações de busca, mas também afeta a experiência que seus usuários têm quando se envolvem com seu site.

Em um mundo de opções online, os visitantes não ficam esperando as páginas, imagens e vídeos carregar. Na verdade, as páginas com tempos de carregamento mais longos tendem a ter taxas de rejeição mais altas e taxas de conversão mais baixas. Aqui está uma ótima postagem da Moz para ajudá-lo a otimizar a velocidade da sua página.

12. Otimize para celular

Cada vez mais pessoas estão usando seus dispositivos móveis para pesquisas online, o que significa que ele pode ser uma importante fonte de tráfego e conversões para sua empresa. Na verdade, estudos mostram que 70% das pesquisas em dispositivos móveis levam a uma ação online em apenas uma hora.

Recentemente, o Google lançou sua atualização compatível com dispositivos móveis, projetada para dar uma olhada nas páginas otimizadas para dispositivos móveis. Esta é uma busca da mãe de todos os motores de busca para proporcionar a melhor experiência possível aos seus usuários na procura de produtos e serviços.

Se você deseja descobrir se suas páginas são otimizadas para celular, você pode simplesmente utilizar a ferramenta do Google que verifica seu url para compatibilidade com dispositivos móveis.

13. Crie Landing Pages

Uma Landung Page ( Página de Venda ) é uma página independente em seu site, onde os visitantes chegam de fontes como mecanismos de buscas, Anúncios pagos, rede social e e-mail Marketing. É uma ótima ferramenta para direcionar o tráfego direcionado ao seu site e otimizar as conversões de visitas.

A maioria das páginas de destino normalmente usa um formulário para capturar e converter visitantes. Ao criar landing pages em WordPress ou uma das ferramentas de landing page, como Instapage, não se esqueça de otimizar para SEO com suas palavras-chave e usar conteúdo relevante com uma call to action (CTA) específica.

A sigla CTA quer dizer “chamada para ação” em português, quando o usuário realiza uma determinada ação desejada como; uma ligação, o envio de um formulário ou entra em contato pelo whatsapp.

14. Não se esqueça do usuário

A maioria dos sites ainda é construída para a forma como o Google costumava se classificar. Muitas vezes estão sobrecarregados com jargões de palavras-chave e não são otimizados para humanos. Mas os motores de busca atuais implementaram algoritmos para medir a experiência do usuário de um site e recompensar os sites que colocam a UX (Experiência do Usuário) em prática.

Elementos como a navegação limpa do site e os site maps ajudam os usuários a descobrir o conteúdo com mais facilidade e ajudam a indexar seu site com eficácia, garantindo que os bots de mecanismos de busca possam rastrear seu site com mais facilidade.

É a qualidade do tráfego e nem sempre a quantidade de tráfego que vai aumentar sua base de clientes. Quando você constrói seu site em torno do usuário e se concentra em agregar valor para ele, os visitantes permanecem por mais tempo no site, digerem mais conteúdo, se inscrevem em suas listas e se conectam a você para saber mais. As taxas de rejeição diminuirão e as conversões aumentarão.

15. Acompanhe as tendências de SEO

A otimização de mecanismos de busca é um cenário em constante mudança. Para se manter no topo das classificações do Google, é necessário manter-se sempre atualizado com as tendências, notícias e novos conceitos.

Inscreva-se para receber newsletters de blogs de SEO e confira sites como Moz, Search Engine Land e outros sites de SEO líderes do mercado. Outros recursos úteis são o Whiteboard Friday da Moz e o canal do YouTube para webmasters do Google

16. Use o Google Analytics

À medida que você faz alterações para melhorar o SEO, você precisa de insights sobre o que está funcionando e o que não está. O Google Analytics é uma ferramenta gratuita para ajudar você a monitorar seu tráfego, ver de quais origens vem a maior parte do tráfego, saber quais páginas de destino estão convertendo a maior parte do tráfego em clientes potenciais para seu negócio e medir a taxa de conversão geral de seu site.

Além da análise do site, você deseja ter certeza de que o tráfego que você direciona eventualmente se converta em novos clientes para sua empresa. Rastrear a origem do lead de cada cliente potencial em seu CRM pode informar de quais fontes seus clientes estão vindo e medir quantas pessoas se tornam clientes ao encontrar seu site online.

16.5 Fale com uma agência de SEO

As dicas SEO fornecidas aqui foram elaboradas para fornecer uma base sólida para ajudá-lo a construir uma estratégia de SEO eficaz e ser encontrado online. No entanto, dependendo da competitividade do seu setor e dos recursos do seu negócio, você pode querer entrar em contato com uma empresa ou consultor de SEO para ajudá-lo ao longo do caminho.

Ao procurar a empresa de SEO certa, faça muitas perguntas, entendendo sua estratégia de vinculação, quais análises eles irão fornecer a você, e não se esqueça de falar em profundidade com referências relevantes antes de contratar seo.

Caso queira contratar empresa para uma consultoria de SEO, acesse nossos contatos.

Profissional de Marketing Digital desde de 2010, Experiências em Start Up’s de jogos sociais. Buscando cada vez mais especializações em Search Engine Optimization, Google Ads, e Consultoria Empresarial.

  • Certificada SEO Unlock by NEIL PATEL
  • Certificações do Google ADS 
  • Certificação do Google Analytics

Post's Recentes

Você quer mais visitas no seu site?

Eu vou te mandar um diagnóstico com todos os pontos que ele precisa melhorar para gerar mais visitas:

Não realizamos spam’s com os nosso emails recebidos. 

Descubra o poder do Marketing Digital!

Venda mais,
Análise grátis!

Não consegue vender? Analisamos o seu site e apontamos os erros que te impedem de vender e mostrar os posicionamentos dos seus concorrentes.